Zaranza é um livro de remendos, de narradoras mulheres fragmentadas em busca de um quase inteiro. Os contos são uma espécie de autorretratos ficcionais, uma tentativa de trazer as contradições da vida para um lugar onde o absurdo faz sentido, a literatura. Abandono, separações, medo de ficar só, vontade de ficar só, pequenas alegrias e tristezas, afetos, sentimentos contraditórios e outros temas que, apesar de universais, são extremamente particulares.

Por tratar-se de um livro de contos, pode ser lido em qualquer ordem – ainda que haja uma lógica entre os textos. Recomenda-se ler aos poucos, mas pode ser lido de uma vez, como num filme, em que alguns dormem na sessão, enquanto outros seguem atentos. Lágrimas e risadas são possíveis, mas isso também é extremamente particular. Outra possibilidade é ter o livro e não ler, algo parecido com colecionar pratos decorativos.

"“Tem tanta coisa na vida que é um quase”. Frase de um dos contos de Zaranza, e que também poderia servir para sintetizar o próprio livro. Nestes contos de amores impossíveis, de solidão e de desencontros, tanto seus personagens quanto as coisas ao seu redor estão em permanente estado de “quase”. Os relacionamentos quase dão certo, as coisas são quase dramáticas, quase triviais. Apesar das dores, não há drama nessa linguagem que é, ao mesmo tempo, infantil e ferina, de tão lúcida. O leitor sente vontade de rir de certo desajeito constante, mas também percebe uma lágrima quase caindo, de tanto que as pequenas trivialidades parecem se cercar de melancolia." Noemi Jaffe 

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
Zaranza
Autora: Rita de Podestá 
Editora: Reformatório
ISBN: 978-85-66887-75-4
Idioma: Português 
Altura: 21 cm
Largura: 14 cm
Edição: 1ª
Ano de lançamento: 2021
Número de páginas: 120

Clique neste link para conhecer o prazo de entrega e outros detalhes da Banca Tatuí.

Zaranza

R$38,00
Zaranza R$38,00
Entregas para o CEP:

Meios de envio

  • Banca Tatuí Rua Barão de Tatuí, 275, São Paulo - aberta de segunda a sábado, das 10h às 19h. Após fechar o pedido, aguarde nosso email confirmando que já pode retirar :)

    Grátis

Zaranza é um livro de remendos, de narradoras mulheres fragmentadas em busca de um quase inteiro. Os contos são uma espécie de autorretratos ficcionais, uma tentativa de trazer as contradições da vida para um lugar onde o absurdo faz sentido, a literatura. Abandono, separações, medo de ficar só, vontade de ficar só, pequenas alegrias e tristezas, afetos, sentimentos contraditórios e outros temas que, apesar de universais, são extremamente particulares.

Por tratar-se de um livro de contos, pode ser lido em qualquer ordem – ainda que haja uma lógica entre os textos. Recomenda-se ler aos poucos, mas pode ser lido de uma vez, como num filme, em que alguns dormem na sessão, enquanto outros seguem atentos. Lágrimas e risadas são possíveis, mas isso também é extremamente particular. Outra possibilidade é ter o livro e não ler, algo parecido com colecionar pratos decorativos.

"“Tem tanta coisa na vida que é um quase”. Frase de um dos contos de Zaranza, e que também poderia servir para sintetizar o próprio livro. Nestes contos de amores impossíveis, de solidão e de desencontros, tanto seus personagens quanto as coisas ao seu redor estão em permanente estado de “quase”. Os relacionamentos quase dão certo, as coisas são quase dramáticas, quase triviais. Apesar das dores, não há drama nessa linguagem que é, ao mesmo tempo, infantil e ferina, de tão lúcida. O leitor sente vontade de rir de certo desajeito constante, mas também percebe uma lágrima quase caindo, de tanto que as pequenas trivialidades parecem se cercar de melancolia." Noemi Jaffe 

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
Zaranza
Autora: Rita de Podestá 
Editora: Reformatório
ISBN: 978-85-66887-75-4
Idioma: Português 
Altura: 21 cm
Largura: 14 cm
Edição: 1ª
Ano de lançamento: 2021
Número de páginas: 120

Clique neste link para conhecer o prazo de entrega e outros detalhes da Banca Tatuí.