Devastação reúne 36 poemas que trazem a tensão entre o caráter livre – e por vezes libertário – da sexualidade e as constrições do intelecto, do ambiente social e da tradição. A esses enquadramentos, a poesia da autora contrapõe uma lírica erótica, uma ironia feminina e desencantada, a languidez do sexo, do sono e do sonho.

O corpo aparece em situações que expressam essas contradições, como o quarto dos amantes, o Carnaval, as paisagens e a natureza mais telúricas, como a cachoeira, o mar, as terras quentes de uma fazenda, em oposição à natureza original e primeira: a da religião e do pecado. Os versos sublinham a insatisfação e a frustração do impulso sexual, mas também a insistência inescapável do desejo e de uma visão erotizada dos afetos e do conhecimento. 

O livro alia tipografia (nos textos) e impressão digital (nas imagens). A edição da Quelônio utiliza papéis especiais na capa e no miolo. A guarda do livro, translúcida, é feita de papel artesanal Manioka, em gramatura finíssima de 7 g/m2, feito pela Moinho Brasil. Edição de 300 exemplares numerados. Ilustrações da autora, capa e projeto gráfico de Sílvia Nastari, costura manual e acabamento de Júlia Estronioli, edição de Bruno Zeni.

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
Devastação
Autora: Tânia Ralston
Editora: Quelônio 
ISBN: 978-85-93229-62-6
Idioma: Português
Altura: 17 cm
Largura: 13 cm 
Edição: 1ª
Ano de Lançamento: 2020
Número de páginas: 48

Clique neste link para conhecer o prazo de entrega e outros detalhes da Banca Tatuí.

Devastação

R$64,00
Devastação R$64,00
Entregas para o CEP:

Meios de envio

  • Sala Tatuí Por causa da pandemia do coronavírus, a Banca Tatuí está fechada. De toda forma, pedidos podem ser retirados na Sala Tatuí, que fica em frente à Banca Tatuí, na Santa Cecília. O horário para retirada será combinado por telefone. A equipe Tatuí entrará em contato!

    Grátis

Devastação reúne 36 poemas que trazem a tensão entre o caráter livre – e por vezes libertário – da sexualidade e as constrições do intelecto, do ambiente social e da tradição. A esses enquadramentos, a poesia da autora contrapõe uma lírica erótica, uma ironia feminina e desencantada, a languidez do sexo, do sono e do sonho.

O corpo aparece em situações que expressam essas contradições, como o quarto dos amantes, o Carnaval, as paisagens e a natureza mais telúricas, como a cachoeira, o mar, as terras quentes de uma fazenda, em oposição à natureza original e primeira: a da religião e do pecado. Os versos sublinham a insatisfação e a frustração do impulso sexual, mas também a insistência inescapável do desejo e de uma visão erotizada dos afetos e do conhecimento. 

O livro alia tipografia (nos textos) e impressão digital (nas imagens). A edição da Quelônio utiliza papéis especiais na capa e no miolo. A guarda do livro, translúcida, é feita de papel artesanal Manioka, em gramatura finíssima de 7 g/m2, feito pela Moinho Brasil. Edição de 300 exemplares numerados. Ilustrações da autora, capa e projeto gráfico de Sílvia Nastari, costura manual e acabamento de Júlia Estronioli, edição de Bruno Zeni.

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
Devastação
Autora: Tânia Ralston
Editora: Quelônio 
ISBN: 978-85-93229-62-6
Idioma: Português
Altura: 17 cm
Largura: 13 cm 
Edição: 1ª
Ano de Lançamento: 2020
Número de páginas: 48

Clique neste link para conhecer o prazo de entrega e outros detalhes da Banca Tatuí.