Esta terceira edição tem como um dos assuntos principais o olhar dos quadrinhos sobre a história brasileira. A revista traz um artigo sobre como autores estão atentos à importância do passado para refletir o presente.

A Plaf conta com um ensaio sobre o imaginário do Nordeste nas histórias em quadrinhos e como essas produções ajudaram a desconstruir (ou reforçar) preconceitos sobre o território e seus habitantes. O conteúdo do número #3 traz ainda um artigo sobre a importância de Angelo Agostini, o brasileiro pioneiro na gênese das HQs no Brasil e no mundo, além de uma releitura crítica da Tico-Tico, uma das primeiras e mais populares revistas em quadrinhos do país. Tem também papo com Luiz Gê, um autor que desde a ditadura militar fez dos quadrinhos e do humor gráfico sua arma por um pais verdadeiramente democrático. Gê ainda colaborou com a edição com uma charge inédita na página saideira da revista.

A Plaf tem ainda HQs inéditas de Aline Lemos, a artista que ainda assina a capa dessa edição; e o talento promissor de Pernambuco, Jota Mendes e uma charge de Luiz Gê.

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
Revista Plaf #2
Editores: Paulo Floro, Dandara Palankof, Carol Almeida, Aline Lemos, Luiz Gê, Jota Mendes
Editora: O Grito!
Idioma: Português
Edição: 3ª
Altura: 28 cm
Largura: 21 cm
Ano de lançamento: 2019
Número de páginas: 48

Clique neste link para conhecer o prazo de entrega e outros detalhes da Banca Tatuí.

REVISTA PLAF #3

R$15,00
REVISTA PLAF #3 R$15,00
Entregas para o CEP:

Meios de envio

  • Sala Tatuí Por causa da pandemia do coronavírus, a Banca Tatuí está fechada. De toda forma, pedidos podem ser retirados na Sala Tatuí, que fica em frente à Banca Tatuí, na Santa Cecília. O horário para retirada será combinado por telefone. A equipe Tatuí entrará em contato!

    Grátis

Esta terceira edição tem como um dos assuntos principais o olhar dos quadrinhos sobre a história brasileira. A revista traz um artigo sobre como autores estão atentos à importância do passado para refletir o presente.

A Plaf conta com um ensaio sobre o imaginário do Nordeste nas histórias em quadrinhos e como essas produções ajudaram a desconstruir (ou reforçar) preconceitos sobre o território e seus habitantes. O conteúdo do número #3 traz ainda um artigo sobre a importância de Angelo Agostini, o brasileiro pioneiro na gênese das HQs no Brasil e no mundo, além de uma releitura crítica da Tico-Tico, uma das primeiras e mais populares revistas em quadrinhos do país. Tem também papo com Luiz Gê, um autor que desde a ditadura militar fez dos quadrinhos e do humor gráfico sua arma por um pais verdadeiramente democrático. Gê ainda colaborou com a edição com uma charge inédita na página saideira da revista.

A Plaf tem ainda HQs inéditas de Aline Lemos, a artista que ainda assina a capa dessa edição; e o talento promissor de Pernambuco, Jota Mendes e uma charge de Luiz Gê.

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
Revista Plaf #2
Editores: Paulo Floro, Dandara Palankof, Carol Almeida, Aline Lemos, Luiz Gê, Jota Mendes
Editora: O Grito!
Idioma: Português
Edição: 3ª
Altura: 28 cm
Largura: 21 cm
Ano de lançamento: 2019
Número de páginas: 48

Clique neste link para conhecer o prazo de entrega e outros detalhes da Banca Tatuí.