Crônica, conto, romance e retalhos: quatro tempos que se interpenetram, fazendo ecoar e escorrer o presente no passado para tratar da instigante permanência de Lima Barreto nos estudos literários e na vida cultural brasileira. Os capítulos, ou tempos, podem ser lidos separadamente e buscam apresentar, de forma introdutória, o legado do autor, seja no que diz respeito à estética de sua escrita, às temáticas que aborda ou ao diálogo (e ruptura) com determinadas tradições literárias. Neles são tratados o impasse entre o jornalismo e a literatura e a atenção para as novas práticas sociais no espaço da cidade; a análise dos contos “O homem que sabia javanês”, “Um músico extraordinário”, “Um especialista” e “Um e outro”; seu romance de estreia, importante por apresentar inovações formais ao gênero e pela polêmica recepção crítica que marcou, a ferro e fogo, a leitura das demais obras do escritor: o emblemático e incontornável Triste fim de Policarpo Quaresma; e, finalmente, os seus “Retalhos”: os cadernos de Lima Barreto, um objeto tão instigante quanto complexo para o encaminhamento de qualquer pesquisa sobre o autor.

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
Lima Barreto em quatro tempos
Autora: Carmen Negreiros 
Editora: Relicário
ISBN: 978-65-50260-1-94
Idioma: Português
Altura: 22,5 cm
Largura: 15,5 cm
Edição: 1ª
Ano de lançamento: 2019
Número de páginas: 172

Clique neste link para conhecer o prazo de entrega e outros detalhes da Banca Tatuí

Lima Barreto em quatro tempos

R$39,90
Lima Barreto em quatro tempos R$39,90
Entregas para o CEP:

Meios de envio

  • Sala Tatuí Por causa da pandemia do coronavírus, a Banca Tatuí está fechada. De toda forma, pedidos podem ser retirados na Sala Tatuí, que fica em frente à Banca Tatuí, na Santa Cecília. O horário para retirada será combinado por telefone. A equipe Tatuí entrará em contato!

    Grátis

Crônica, conto, romance e retalhos: quatro tempos que se interpenetram, fazendo ecoar e escorrer o presente no passado para tratar da instigante permanência de Lima Barreto nos estudos literários e na vida cultural brasileira. Os capítulos, ou tempos, podem ser lidos separadamente e buscam apresentar, de forma introdutória, o legado do autor, seja no que diz respeito à estética de sua escrita, às temáticas que aborda ou ao diálogo (e ruptura) com determinadas tradições literárias. Neles são tratados o impasse entre o jornalismo e a literatura e a atenção para as novas práticas sociais no espaço da cidade; a análise dos contos “O homem que sabia javanês”, “Um músico extraordinário”, “Um especialista” e “Um e outro”; seu romance de estreia, importante por apresentar inovações formais ao gênero e pela polêmica recepção crítica que marcou, a ferro e fogo, a leitura das demais obras do escritor: o emblemático e incontornável Triste fim de Policarpo Quaresma; e, finalmente, os seus “Retalhos”: os cadernos de Lima Barreto, um objeto tão instigante quanto complexo para o encaminhamento de qualquer pesquisa sobre o autor.

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
Lima Barreto em quatro tempos
Autora: Carmen Negreiros 
Editora: Relicário
ISBN: 978-65-50260-1-94
Idioma: Português
Altura: 22,5 cm
Largura: 15,5 cm
Edição: 1ª
Ano de lançamento: 2019
Número de páginas: 172

Clique neste link para conhecer o prazo de entrega e outros detalhes da Banca Tatuí