Envelhecer é constatar que o mundo que você conhece já não existe mais. Que tudo o que se foi é muito maior que a perda da capacidade cognitiva, da aparência da pele, da forma física esgotada. Envelhecer é aceitar que as convivências, os lugares, os sons e os cheiros se dissipam. Que as pessoas já se foram, ou se afastaram. Que aos poucos elas foram cedendo lugar para cômodos vazios, sem ruídos, sem nenhum indício de que, um dia, houve mais vidas ali dentro. Envelhecer é, por fim, compreender que a solidão é quase sempre um ponto de chegada, e que, por isso, é tão importante saber lidar com ela ao longo da vida toda.

Nesse contexto surge Dossiê Afetivo. Publicação que eu classifico como “micronovela”, foi escrita entre março e julho desse ano, e conta a história fictícia de três mulheres da mesma família a partir de entrevistas, cartas nunca enviadas, fotografias e emails. A estrutura física remete ao formato de uma pasta com divisórias, onde coexistem publicações e elementos soltos. Em cada uma das três partes, relatos, fotografias e outras lembranças auxiliam a montar (ou não) o quebra-cabeças de uma desgastada relação familiar.

Produto exclusivo na loja virtual e na Sala Tatuí. Se quiser vê-lo pessoalmente, marque uma visita: www.salatatui.com.br

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
Dossiê Afetivo
Autor: Ricardo Rodrigues
Editora: Experimentos Impressos
Idioma: português
Altura: 21 cm
Largura: 15 cm
Edição: 1ª
Ano de lançamento: 2019
Número de páginas: 39

Clique neste link para conhecer o prazo de entrega e outros detalhes da Banca Tatuí.

Dossiê Afetivo

R$80,00
Dossiê Afetivo R$80,00
Entregas para o CEP:

Meios de envio

  • Sala Tatuí Por causa da pandemia do coronavírus, a Banca Tatuí está fechada. De toda forma, pedidos podem ser retirados na Sala Tatuí, que fica em frente à Banca Tatuí, na Santa Cecília. O horário para retirada será combinado por telefone. A equipe Tatuí entrará em contato!

    Grátis

Envelhecer é constatar que o mundo que você conhece já não existe mais. Que tudo o que se foi é muito maior que a perda da capacidade cognitiva, da aparência da pele, da forma física esgotada. Envelhecer é aceitar que as convivências, os lugares, os sons e os cheiros se dissipam. Que as pessoas já se foram, ou se afastaram. Que aos poucos elas foram cedendo lugar para cômodos vazios, sem ruídos, sem nenhum indício de que, um dia, houve mais vidas ali dentro. Envelhecer é, por fim, compreender que a solidão é quase sempre um ponto de chegada, e que, por isso, é tão importante saber lidar com ela ao longo da vida toda.

Nesse contexto surge Dossiê Afetivo. Publicação que eu classifico como “micronovela”, foi escrita entre março e julho desse ano, e conta a história fictícia de três mulheres da mesma família a partir de entrevistas, cartas nunca enviadas, fotografias e emails. A estrutura física remete ao formato de uma pasta com divisórias, onde coexistem publicações e elementos soltos. Em cada uma das três partes, relatos, fotografias e outras lembranças auxiliam a montar (ou não) o quebra-cabeças de uma desgastada relação familiar.

Produto exclusivo na loja virtual e na Sala Tatuí. Se quiser vê-lo pessoalmente, marque uma visita: www.salatatui.com.br

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
Dossiê Afetivo
Autor: Ricardo Rodrigues
Editora: Experimentos Impressos
Idioma: português
Altura: 21 cm
Largura: 15 cm
Edição: 1ª
Ano de lançamento: 2019
Número de páginas: 39

Clique neste link para conhecer o prazo de entrega e outros detalhes da Banca Tatuí.