Editora Zepelim


Sobreviventes do Verão

R$30,00

Digite aqui o seu CEP para calcular o frete:

"Um bom cronista jamais desperdiça um fracasso. Pode desperdiçar um pênalti decisivo na infância, mas não deixará de revisá-lo numa crônica futura. Oportunista, voltará ao tema de cabeça erguida. Pedirá perdão aos antigos colegas de time, mas não assumirá a culpa pela derrota. Afinal, ela 'já estava escrita'.

Guilherme Tauil é um moço do interior de São Paulo e de si mesmo. Sente-se ofendido ao 'encontrar um interior mais pacato que o seu'. E perdeu aquele pênalti só para cumprir sua sina de cronista: ficar no meio do povo, 'com cara de quem desvenda um mistério de lógica'. O problema é que, se desvendar, deixa de ser cronista.

Neste seu livro de estreia, Tauil não desvenda nada, ainda bem. Apenas passeia, com talento, por assuntos grandes e pequenos. Os rituais cosméticos da mulher mais bonita do mundo, a vocação napoleônica de certos porteiros, a boa lagartixa com quem divide o apartamento, a última viagem de um taxista ou o fim da própria juventude, que ele ainda recusa.

Porque Tauil é, sim, um autor jovem. Provisoriamente jovem. Também é míope e sofre de hiperidrose. E o que mais dizer sobre ele? É claro: que o romancista americano Jonathan Franzen já o confundiu com Clarice Lispector. Sobre a experiência, Tauil nos revela: 'Ser Clarice dói muito menos do que parece'.

Um bom cronista, enfim, não desperdiça nada, nem a dor nem as metáforas futebolísticas. E pensando bem, cronista não tem que bater pênalti. Cronista bate é tiro de meta. De preferência para fora do estádio." (LUIS HENRIQUE PELLANDA)

Sobreviventes do Verão é o livro de estreia de Guilherme Tauil e da editora Zepelim! Coletânea de 35 crônicas, com prefácio de Ivan Angelo.

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
Sobreviventes do Verão
Autor: Guilherme Tauil
Editora: Zepelim
ISBN: 978-85-69893-00-4
Idioma: português
Altura: 21cm
Largura: 14cm
Edição: 1ª
Ano de Lançamento: 2015
Número de páginas: 144

Prazo de entrega: em até 7 dias úteis

Siga-nos: