Jornal de Borda é um periódico de arte contemporânea concebido e editado [em português e espanhol] há seis anos, pela artista Fernanda Grigolin, com projeto gráfico de Lila Botter e publicação/distribuição da Tenda de Livros. 

Sobre a edição #06::::: O formato do Jornal Borda mudou para 43 x 28 cm [no Brasil é denominado germânico], crescendo na altura [anteriormente era no formato  tabloide - 24 x 30 cm]. O tema Fronteiras e Encruzilhadas não foi apenas um mote de produção. Além das pessoas convidadas terem sido instigadas a produzir trabalhos inéditos ou a revirar suas produções, olhando trechos de Glória Anzaldúa, "Como domar uma língua selvagem", 2009, e de Maria Lacerda de Moura "A mulher é uma degenerada", 2018; as fronteiras e encruzilhadas se deram fisicamente no periódico o qual se divide em três publicações de fato, isso foi um estudo realizado intencionalmente por Fernanda Grigolin.

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
Jornal de Borda 06
Autoras: Fernanda Grigolin e Lila Botter 
Editora: Tenda de Livros
Idioma: português e espanhol
Altura: 43 cm
Largura: 28 cm
Edição: 6ª
Ano de lançamento: 2019
Número de páginas: 48

Clique neste link para conhecer o prazo de entrega e outros detalhes da Banca Tatuí.

Jornal de Borda 06

R$15,00
Jornal de Borda 06 R$15,00
Entregas para o CEP:

Meios de envio

  • Sala Tatuí Por causa da pandemia do coronavírus, a Banca Tatuí está fechada. De toda forma, pedidos podem ser retirados na Sala Tatuí, que fica em frente à Banca Tatuí, na Santa Cecília. O horário para retirada será combinado por telefone. A equipe Tatuí entrará em contato!

    Grátis

Jornal de Borda é um periódico de arte contemporânea concebido e editado [em português e espanhol] há seis anos, pela artista Fernanda Grigolin, com projeto gráfico de Lila Botter e publicação/distribuição da Tenda de Livros. 

Sobre a edição #06::::: O formato do Jornal Borda mudou para 43 x 28 cm [no Brasil é denominado germânico], crescendo na altura [anteriormente era no formato  tabloide - 24 x 30 cm]. O tema Fronteiras e Encruzilhadas não foi apenas um mote de produção. Além das pessoas convidadas terem sido instigadas a produzir trabalhos inéditos ou a revirar suas produções, olhando trechos de Glória Anzaldúa, "Como domar uma língua selvagem", 2009, e de Maria Lacerda de Moura "A mulher é uma degenerada", 2018; as fronteiras e encruzilhadas se deram fisicamente no periódico o qual se divide em três publicações de fato, isso foi um estudo realizado intencionalmente por Fernanda Grigolin.

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
Jornal de Borda 06
Autoras: Fernanda Grigolin e Lila Botter 
Editora: Tenda de Livros
Idioma: português e espanhol
Altura: 43 cm
Largura: 28 cm
Edição: 6ª
Ano de lançamento: 2019
Número de páginas: 48

Clique neste link para conhecer o prazo de entrega e outros detalhes da Banca Tatuí.