A decisão fica sem escolhas, os dias ficam os mesmos, ainda ontem parecia diferente. A primeira edição dessa história em quadrinhos foi selecionada em convocatória des.gráfica 2017, essa é a segunda edição.

Em um universo distópico, as crianças nascem e par e, como ritual de passagem para o mundo adulto, cada uma deve escolher uma cor. O que pode acontecer se o par não chegar a um acordo e um deles não consegue seguir em frente? A protagonista continua vivendo em sua memória mais afetuosa mas agora está sozinhe. As páginas são compostas por fotos de jornal ampliedas cobertas por tinta acrílica onde o desenho foi colocado. As fotos foram retiradas de um jornal nipo-brasileiro que meus avós assinavam e após a morte deles, o jornal continuou chegando na casa dos meus pais, foi difícil cancelar a assinatura. As páginas são painéis sem requadros, a leitura da narrativa segue as linhas do desenho. Esses dois aspectos criam um ritmo parecido uma confusão mental ou uma memória estranha.

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
Ainda ontem
Autora: Taís Koshino
Editora: Piqui
Idioma: português
Altura: 28,5 cm
Largura: 20 cm
Edição: 2ª
Ano de lançamento: 2017
Número de páginas: 66

Clique neste link para conhecer o prazo de entrega e outros detalhes da Banca Tatuí.

Ainda ontem

R$30,00
Ainda ontem R$30,00
Entregas para o CEP:

Meios de envio

  • Sala Tatuí Por causa da pandemia do coronavírus, a Banca Tatuí está fechada. De toda forma, pedidos podem ser retirados na Sala Tatuí, que fica em frente à Banca Tatuí, na Santa Cecília. O horário para retirada será combinado por telefone. A equipe Tatuí entrará em contato!

    Grátis

A decisão fica sem escolhas, os dias ficam os mesmos, ainda ontem parecia diferente. A primeira edição dessa história em quadrinhos foi selecionada em convocatória des.gráfica 2017, essa é a segunda edição.

Em um universo distópico, as crianças nascem e par e, como ritual de passagem para o mundo adulto, cada uma deve escolher uma cor. O que pode acontecer se o par não chegar a um acordo e um deles não consegue seguir em frente? A protagonista continua vivendo em sua memória mais afetuosa mas agora está sozinhe. As páginas são compostas por fotos de jornal ampliedas cobertas por tinta acrílica onde o desenho foi colocado. As fotos foram retiradas de um jornal nipo-brasileiro que meus avós assinavam e após a morte deles, o jornal continuou chegando na casa dos meus pais, foi difícil cancelar a assinatura. As páginas são painéis sem requadros, a leitura da narrativa segue as linhas do desenho. Esses dois aspectos criam um ritmo parecido uma confusão mental ou uma memória estranha.

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
Ainda ontem
Autora: Taís Koshino
Editora: Piqui
Idioma: português
Altura: 28,5 cm
Largura: 20 cm
Edição: 2ª
Ano de lançamento: 2017
Número de páginas: 66

Clique neste link para conhecer o prazo de entrega e outros detalhes da Banca Tatuí.